Tesouro SELIC

Se você está começando a pensar em investir, precisa conhecer o Tesouro Selic. Pois essa é uma das formas mais seguras de investimento, que dá a possibilidade de resgatar seu dinheiro quando quiser, sem perder lucro.  Então, confira esse artigo e entenda melhor sobre como funciona o investimento no Tesouro Selic e comece a investir hoje mesmo.

O que é o Tesouro Selic?

O Tesouro Selic, também é conhecido como LTF, que significa Letra Financeira do Tesouro, nome pelo qual era anteriormente chamado. Ele é um título pós-fixado e sua rentabilidade varia de acordo com a taxa Selic, que é a taxa de juros básica da economia brasileira.

Esse título é oferecido pelo Tesouro Direto, um programa de negociação de papéis do Tesouro Nacional. Ao investir nele, você terá uma remuneração com base na variação da taxa Selic diária registrada entre a data de liquidação da compra e a data de vencimento do título. Poderá haver acréscimo, inclusive, de ágio ou deságio na hora compra do título.

Tesouro SELIC

Para quem é indicado?

Se você procura compor uma reserva de alta liquidez, o Tesouro Selic é a alternativa mais indicada. Outros investimentos como Fundos DI, CDBs com liquidez diária e LCIs/LCAs com prazo curto de vencimento também compõem a lista de opções para investir.

Além disso, o valor de mercado do Tesouro Selic apresenta baixa variação, o que evita perdas caso você decida realizar uma venda antecipada do título. No entanto, esse tipo de investimento possui uma  rentabilidade que tende a ser mais baixa que a dos demais títulos, exatamente por causa de sua maior estabilidade.

Outra vantagem desse título é que ele possui fluxo de pagamento simples. Ou seja, o investidor faz a aplicação e recebe o valor de face, que é o valor investido somado à rentabilidade, na data de vencimento do título do Tesouro Selic.

Tesouro Selic e a Inflação

Um ponto importante para se analisar ao decidir por um investimento é averiguar como ele se comporta em relação à inflação, pois isso afeta diretamente o rendimento da aplicação.

No caso do Tesouro Selic, pode-se dizer que ele é um título que não remunera o investidor de acordo com a inflação. No entanto, ele está atrelado à taxa Selic, que costuma ficar acima do Índice de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA, que é considerado a inflação oficial do Brasil.

Por isso, esse investimento é considerado muito bom e seguro, já que o alto nível de juros reais do Brasil faz com que o país possua um resultado bastante favorável à Selic ao descontar a inflação.

Principais características do Tesouro Selic

Para escolher seu investimento com segurança, é preciso conhecer em detalhes as características dele. Assim, você saberá se esse modo de investir é o mais adequado para sua situação financeira, objetivos e prazos. No caso do Tesouro Selic, vale a pena destacar algumas características relevantes:

  • O Tesouro Selic é indicado para o investidor que deseja uma rentabilidade pós-fixada ligada à taxa Selic;
  • Ele possui fluxo simples, ou seja, há apenas uma aplicação e um resgate;
  • O Tesouro Selic é o único título que não possui rentabilidade negativa, assim, com ele não perde dinheiro;
  • A remuneração se dá apenas no resgate ou na venda do título, com pagamento do valor em um dia útil, por isso, serve como uma boa reserva de dinheiro.
  • O Tesouro Selic sofre a cobrança de Imposto de Renda conforme o tempo de aplicação, então, quanto mais tempo aplicado, menor será o valor do imposto.
  • Existe uma taxa fixa de manutenção que é anual no valor de 0,3% sobre o total da aplicação.
  • No entanto, há corretoras que cobram uma taxa um pouco acima dessa, pois fazem investimento no Tesouro Direto com custo adicional custodial.
  • O Tesouro Selic oferece rentabilidade levemente superior à Taxa Selic, por isso, é vantajoso para se aplicar.
  • O Tesouro Selic sobre baixíssima volatilidade e garante rendimento positivo.
  • SELIC

Como investir em Tesouro Selic

Se você deseja investir no Tesouro Selic ou outras aplicações interessantes em renda fixa, é necessário que antes você se cadastre em alguma corretora de investimentos ou em um banco com possibilidade para isso.

Assim, você poderá investir no Tesouro Direto por meio de seu sistema. Uma vez dentro do sistema do Tesouro, você pode negociar seus títulos e acompanhar a valorização de cada um deles.

Para isso, opte por instituições respeitáveis e sólidas de investimentos. É interessante analisar também os custos para aplicação no Tesouro Direto, já que existem empresas que cobram para realizar esse procedimento. Outro ponto importante é checar as taxas de investimentos, já que elas alteram bastante seu lucro.

Outros títulos para você investir

Caso você tenha começado a investir no Tesouro Selic, mas quer diversificar seus investimentos, uma boa opção é fazer investimentos em outras aplicações do Tesouro Direto, como o Tesouro Prefixado e Tesouro IPCA, ambos nas modalidades com ou sem juros semestrais.

  • outubro 31, 2018
Posts Relacionados

Como Investir Dinheiro

Clique Aqui para Comentar! 0 comentários

Deixe seu Comentário: