O Perfil do Investidor – Entenda Facilmente o seu Perfil

Você sabia que cada investidor possui um perfil específico?

Cada pessoa possui um perfil de investidor, pois isso está diretamente relacionado à personalidade de cada um e aos seus objetivos de vida.

Mas, você sabe qual é o seu perfil de investidor e por que descobrir essa informação é tão importante para a sua vida financeira?

Quando você descobre o seu perfil de investidor você será capaz de identificar quais investimentos são mais adequados para você, dependendo de como você encara os riscos.

Quando você abre uma conta em uma instituição financeira para investir o seu dinheiro se depara com algumas perguntas para descobrir se você é tolerante aos riscos ou se é mais conservador, se possui alguma experiência em investimentos, etc.

Essas perguntas ajudarão a instituição financeira indicar o tipo de investimento mais adequado ao seu perfil.

perfil de investidor - agressivo

O perfil do investidor: Descubra qual é o seu perfil

Você é do tipo de pessoa que adora uma aventura cheia de emoção, como praticar um esporte radical ou é aquela pessoa que prefere ficar em casa lendo um bom livro em silêncio?

Isso é bem subjetivo e tem tudo a ver com a personalidade de cada pessoa.

O autoconhecimento é muito importante para saber como investir o seu dinheiro sem causar angústia ou dores de cabeça.

Você precisa saber se está disposto a correr riscos ou se prefere manter a segurança do seu patrimônio.

Mas isso não impede de você, com o tempo, ir modificando sua mentalidade e, consequentemente, o seu perfil de investidor.

O perfil do investidor: Conheça a sua tolerância ao risco

Para saber quais são os melhores investimentos para você, é importante identificar o quanto você está disposto a assumir os riscos do investimento.

Tipos de perfis de investidor

Existem três tipos de perfis de investidor:

#1 Conservador

  • Prioriza a segurança do seu patrimônio;
  • Não assume riscos que comprometem os seus recursos;
  • Possui menor tolerância ao risco.

Investimentos conservadores:

  • Tesouro Direto;
  • Fundos de Renda Fixa;
  • CDB;
  • LCI;
  • LCA;
  • LC, etc.

#2 Moderado

  • Procura equilibrar rentabilidade e risco;
  • Costuma investir parte do seu dinheiro em renda fixa e outra em renda variável;

Investimentos moderados:

  • Tesouro Direto;
  • Fundos de Renda Fixa;
  • Debêntures;
  • Fundos Multimercados, etc.

#3 Agressivo

  • Procura maior rentabilidade com maior tolerância ao risco;
  • Já conhece o mercado e suporta bem as oscilações;
  • Possui uma parte do seu dinheiro investida em renda fixa;

Investimentos agressivos:

  • Tesouro Direto;
  • Debêntures;
  • Fundos de Renda Fixa;
  • Fundos de Ações;
  • Fundos Multimercados, etc.

Agora que você conseguiu compreender a importância de identificar qual o perfil do investidor para saber exatamente onde investir o seu dinheiro, conheça um pouco sobre alguns desses investimentos.

melhores tipos de investimentos

Tipos de investimentos

Para ficar mais claro, vou citar alguns tipos de investimentos e falar um pouco sobre cada um.

Tesouro Direto

Esse tipo de investimento oferece uma remuneração fixa para o investidor, por isso são chamados de investimentos de renda fixa.

O Tesouro Direto são títulos públicos e podem ser prefixados, que permite que o investidor saiba, no momento da compra dos títulos, o quanto vai receber ou pós-fixados, que vai depender do indexador do vencimento, que pode ser Selic ou inflação.

O Tesouro Direto é o tipo de investimento com menor risco entre os outros produtos de renda fixa e são garantidos pelo Governo Federal.

Fundos de Ações

Esse tipo de investimento depende das variações dos mercados de ações e, muitas vezes, do câmbio e das condições econômicas e políticas do Brasil e do mundo.

É considerado um investimento de risco, devido à oscilação e à probabilidade de perdas maiores do que o valor investido, obrigando o investidor a colocar mais dinheiro para cobrir o prejuízo.

Fundos multimercados

Como esse tipo de investimento envolve multimercados, ele não está correndo um risco específico.

Esses fundos multimercados podem variar de acordo com o câmbio, bolsa, juros, etc. e são afetados pelas condições econômicas e políticas do Brasil e do mundo.

Renda Fixa

O investimento em renda fixa garante uma remuneração fixa para o investidor e pode ser prefixada, que permite que o investidor saiba, no momento da compra dos títulos, o quanto vai receber ou pós-fixada, que vai depender do indexador do vencimento.

Renda variável

Esse é o tipo de investimento que não garante rentabilidade, mas que pode sim ter um bom rendimento.

Mas, por não garantir um bom retorno, é considerado um investimento arriscado, pois a rentabilidade da renda variável depende do comportamento da economia nacional e internacional, do desempenho da empresa, entre outros fatores.

Conclusão

Agora você já sabe que o perfil do investidor não é um molde e que cada pessoa possui um perfil, que vai depender da sua personalidade, metas e objetivos e até do equilíbrio emocional para lidar com os riscos.

Você também viu qual a importância de identificar o seu perfil de investidor para depois mandar o seu dinheiro para o lugar certo, de acordo com o que você quer.

Mas, com o tempo e com a experiência necessária, você poderá escolher outros investimentos, quem sabe mais ousados.

  • fevereiro 18, 2019
Clique Aqui para Comentar! 0 comentários

Deixe seu Comentário: